Sonda Dawn se Aproxima de Planeta Anão Ceres

(com NASA)

Até 2006, as pessoas aprendiam na escola que o Sistema Solar tinha nove planetas: Mercúrio, Vênus, Terra, Marte, Júpiter, Saturno, Urano, Netuno e Plutão. Em 2006, a IAU (União Astronômica Internacional) decidiu que Plutão não faria mais parte dessa lista de planetas, sendo rebaixado à categoria de “Planeta-anão”, junto com outros pequenos planetas transnetunianos de tamanho similar, como Éris, Haumea e Makemake.

Junto com esses pequenos planetas, mais um entrou nessa classificação: Ceres. A diferença fundamental entre Ceres e os demais planetas-anões está em sua localização: enquanto os demais plantas-anões estão localizados após Netuno (por isso o termo trasnetuniano), Ceres está entre Marte e Júpiter, no cinturão de Asteróides que separa os planetas rochosos de nosso sistema solar dos gigantes gasosos.

Com 974 Km de diâmetro (cerca de 20% menor que Caronte, o satélite de Plutão), Ceres reúne cerca de um terço da massa de todo o cinturão de asteróides. A teoria mais aceita é a de que Ceres provavelmente seria o quinto planeta do Sistema Solar, entre Marte e Júpiter, mas a gravidade de Júpiter não deixou toda a massa do cinturão de asteróides se reunir em um planeta só. Nesse amontoado de grandes e pequenos objetos criados no caos da formação do Sistema Solar, Ceres ficou sendo o maior e mais relevante.

A novidade sobre Ceres é que esse anos o planeta será visto em detalhes, como nunca foi visto antes. A Sonda Dawn, da NASA, que já passou por Vesta (o segundo maior objeto do cinturão de asteróides, com 530 km de diâmetro), entrará em órbita de Ceres no dia 06 de março. A imagem a seguir, feita pela sonda e divulgada pelo Jet Propulsion Lab da NASA, foi feita a 83 mil Km de distância, e revela um planeta anão cheio de crateras e com algumas manchas brancas, que serão mais estudadas pela sonda Dawn em breve:

Foto de Ceres tirada pela Sonda Dawn (Fonte: Jet Propulsion Lab, NASA)

Foto de Ceres tirada pela Sonda Dawn (Fonte: Jet Propulsion Lab, NASA)

Por que estudar Ceres? A princípio, o fato de ser um objeto de quase 1000 Km de diâmetro dentro de nosso Sistema Solar já justificaria um estudo mais aprofundado. Além disso, cientistas argumentam que Ceres seria uma ótima “ponte” para missões em pontos estratégicos do Sistema Solar, como as luas galileanas de Júpiter, por exemplo.

Nos próximos dias, a sonda Dawn dará imagens em mais detalhes do planeta Ceres, aumentando um pouco mais o nosso conhecimento acerca do Sistema Solar. A comunidade astronômica aguarda ansiosa.

Anúncios
Esse post foi publicado em astronomia e marcado , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Sonda Dawn se Aproxima de Planeta Anão Ceres

  1. Pingback: Sonda Dawn entra em órbita de Ceres | Além do Laboratório

Dê sua opinião

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s